Arquivo de Notícias

Reservatórios de água tratada e novas adutoras vão ampliar a segurança hídrica em Jundiaí

Com o objetivo de ampliar a eficácia no abastecimento de água do município, a DAE Jundiaí abriu licitações para a construção de quatro novos reservatórios, que vão garantir mais 21 mil m3 de água tratada, e de obras de reforço em adutoras.

Os reservatórios serão construídos no Jardim Carlos Gomes/Água Fria (5 mil m³), CECAP (1 mil m³), FazGran Industrial (5 mil m³) e na ETA Anhangabaú (10 mil m³).

“O conjunto de reservatórios irá ampliar a autonomia do armazenamento para abastecimento da água tratada em todo o município. O aumento do volume de reservação vai evitar que a população das regiões beneficiadas seja afetada durante os períodos de interrupção de abastecimento, por conta de obras de manutenção nas adutoras. É mais uma ação que visa à segurança hídrica para Jundiaí”, explica o diretor presidente da DAE Jundiaí, Eduardo Santos Palhares.

O novo equipamento no Jardim Carlos Gomes irá atender as regiões da Vila Rio Branco, Ivoturucaia, Jundiaí Mirim, Caxambu, São Camilo, Vila Nambi, Jardim Tamoio, Colônia e adjacências.

O reservatório do CECAP vai beneficiar as regiões do Parque Centenário, Corrupira, Bairro dos Fernandes e Rio Acima. No FazGran as áreas beneficiadas serão do Residencial Jundiaí, Novo Horizonte e Distrito Industrial.

O projeto inicial previa a construção de cinco reservatórios metálicos, no entanto em virtude de melhor condição técnica e financeira serão executados em concreto armado e do tipo apoiado.

Na ETA Anhangabaú, cujo sistema de reservação beneficia todo o município, inicialmente seriam construídos dois reservatórios no formato circular, um com capacidade para 5 mil m³ o outro para 3,5 mil m³. Após uma revisão área técnica, optou-se por alterar o formato para retangular e construir apenas um, com volume de 10 mil m³, ganhando tanto na parte física estrutural, como no volume de reservação.

Nas próximas semanas será lançado o edital para a recuperação de mais um reservatório, o R13 que fica no Distrito Industrial, com capacidade de 5 mil m³ e que irá beneficiar as regiões do Bairro do Poste, Traviú, Tulipas e Água Doce.

Para uma segunda etapa ainda estão previstos a construção de mais três reservatórios nos bairros de Ivotururacaia, Horto Santo Antonio e Jardim do Lago, elevando em mais 4,9 mil m³ a reservação para abastecimento de Jundiaí.

Adutoras

O reforço nas adutoras do município também será contemplado em quatro regiões Centro, Mato Dentro, Vale Verde e Vila Hortolândia.

No trecho do Centro será executado 1,3 km de nova adutora de 600 mm, que parte da Avenida Henrique Andrés, próximo ao Velório Municipal, descendo pelo Centro, passando pela rua Conrado Augusto Offa, ao lado do shopping Paineiras, atravessando a avenida 9 de Julho (sem interferência no trânsito, pois esse trecho foi executado durante as obras de ampliação da avenida), subindo até a rua Barão de Teffé. O tempo previsto para a execução da obra é de 6 meses.

Com a obra serão atendidos os bairros: Vila Rio Branco e aquele que são atendidos pelo reservatório R10, localizado no bairro Água Fria: regiões da Vila Rio Branco, Ivoturucaia, Jundiaí Mirim, Caxambu, São Camilo, Vila Nambi, Tamoio, região da Colônia e adjacências.

Na região do Mato Dentro será a execução de nova adutora com 6,7 km de extensão e 200 mm de diâmetro. Enquanto que na Vila Hortolândia/Torres de São José a extensão da nova adutora será de 2,1 km de adutora, com 300 mm de diâmetro. No Vale Verde, a adutora de 150 mm terá 4,1 km de extensão.

“São obras de extrema importância para o município e que visam ampliar ainda mais a eficiência do abastecimento de Jundiaí”, conclui Palhares.

Publicada em 11/05/2018



Rodovia Vereador Geraldo Dias, 1500
Vila Hortolândia - Jundiaí - SP ver no mapa
Telefone: (11) 4589-1300
Prefeitura de Jundiaí
DAE Jundiaí | Desenvolvido por CIJUN